Maso Store
  Blog

Por que não devemos confiar na nossa tela do Telemóvel

Escrito em 18 de janeiro de 2022

Por que não devemos confiar na nossa tela do Telemóvel

Você alguma vez já comparou a mesma imagem em dois telemóveis diferentes? Algumas telas parecem ser mais nítidas e brilhantes do que as outras. O pôr do sol parece ser mais vibrante em nosso telemóvel do que pessoalmente. Com as constantes inovações da tecnologia móvel, começamos a perceber o quão avançadas são as nossas telas de telemóveis e tablets. Contudo, com a variedade de marcas e telas, todos nós vemos e experimentamos cores diferentes.

Com telas que possuem Retina Líquida, Super Retina, nós somos capazes de ver mais detalhes nas fotos que tiramos e imagens que vemos. Apesar disso, comparar a imagem de uma parede com a própria parede pode parecer drasticamente diferente. Com essa diferença de telas e cores, como comunicamos o que estamos vendo?

Se você deseja mostrar a alguém um pôr do sol ou um panorama, não importa qual o tom de laranja você enxerga. Você simplesmente deseja mostrar a beleza do pôr do sol. Isso muda quando você tira uma foto da sua parede com a finalidade de retocar. Comparar as cores da tela com sua parede irá resultar em uma combinação terrível. 

Para alguns negócios, isso pode ser frustrante. Tentar comunicar cores em dispositivos pelo mundo todo pode resultar em produtos incompatíveis.

Displays inconsistentes criam falta de comunicação entre cores, o que equivale a custos mais altos.

Vamos supor que uma empresa de roupas populares queira lançar uma nova linha de camisetas.

Uma estilista ou designer se inspira ao ver o tom perfeito da cor laranja. Ela tira uma foto. Qual outra forma ela supostamente poderia capturar a cor naquele momento?
A designer usa a imagem como inspiração e envia para a fábrica ter referência. No entanto, a cor que eles veem na tela pode ser drasticamente diferente.  
Talvez você seja uma decoradora. Um cliente deseja decorar a sua casa tendo a cor do sofá como referência.  Já que não é possível carregar o sofá, é tirada uma foto. Assim que você está na loja, você percebe que o brilho do seu telemóvel faz a cor ficar mais clara. Depois de tentar encontrar várias tintas e tecidos você retorna e percebe que errou em alguns tons. Resultando em cores não coordenadas na casa da cliente.

 

É por isso que a instrumentação para ler e ver uma cor verdadeira é fundamental. Quando não podemos confiar em nossos olhos e nossa na tela, nós podemos depender de espectrofotômetros para digitalizar e compartilhar os dados que precisamos.

Com o Spectro 1, você pode contar com dados precisos de cores que podem ser comunicados globalmente através de vários dispositivos. Ao invés de confiar na precisão da exibição de vários dispositivos, o color data fala por ele mesmo. Spectro 1 encontra e promove uma linguagem de cores comuns que pode ser usada  como padrão para comunicar as necessidades de cores de um lugar para outro.

Essa tecnologia permite que a designer escaneie a cor que ela quer usar e possa compartilhar virtualmente os dados com o fabricante no mesmo instante. O fabricante agora tem as ferramentas para comparar as amostras com a cor desejada da designer. Ambos podem confiar que a Spectro 1 salva a cor em uma curva de refletividade que pode ser compartilhada virtualmente. A comunicação entre as cores com o Spectro 1 ultrapassa fronteiras e idiomas. A comunicação em cores de alta qualidade pode gerar produtos de alta qualidade.